Personalidade

Estilo

Desde que nos conhecemos a usar óculos para corrigir a nossa visão, que sempre nos preocupámos com a aparência e com a forma como esse artefacto novo influenciava a nossa personalidade.

Na verdade, este é um tema de grande importância, pois trata-se de sermos capazes de nos rever na nossa imagem como um todo. A imagem que cada um tem de si próprio vai muito para além daquilo vemos. É frequente referirmo-nos a alguém dizendo: "... a imagem que tenho daquela pessoa é esta ou aquela ...", e de facto dizêmo-lo num sentido mais lato, pois tudo contribui para esta noção que temos do outro e que construímos. Se isto é verdade sobre a forma como vemos o outro, também o é para nós próprios, e é aí que todos os pormenores contam nesta construção pessoal da nossa personalidade. Quando optamos por uma roupa em vez de outra, estamos consciente ou inconscientemente a adequar a escolha ao nosso estado de espírito. Mas também podemos funcionar ao contrário, escolhendo deliberadamente uma roupa para enviar sinais ao nosso cérebro de forma a que mude de estado de espírito. É uma comunicação bi-unívoca.

Os óculos desempenham um papel crucial na nossa imagem, na forma como nos vemos a nós próprios e como os outros nos vêem, ou melhor ainda, os óculos que escolhemos podem e devem ser um agente catalizador de uma mudança desejada e renovadora. Eles podem ser geradores de grande confiança na nossa relação com o outro, e desta forma conferir uma personalidade e um carácter únicos, a que ninguém ficará indiferente.


Publicação Mais Recente


Deixe um comentário

Tenha em atenção que os comentários precisam de ser aprovados antes de serem exibidos